Uma regra de suma importância nos últimos tempos é a atenção!

Sendo uma prática gerida pelo condomínio, além de câmeras de seguranças, guaritas e afins, o cadastro e a confirmação do recebimento de correspondências, encomendas e visitas merece cada vez mais atenção aos condomínios em todo o país, não sendo diferente na cidade de São Paulo.

Os golpes estão muito frequentes e cada vez mais planejados e também envolventes, criando novas vítimas, por isso iremos mencionar como evitá-los ao máximo para que todos tenham ainda mais segurança.

Um dos golpes mais frequentes é o do falso entregador. Neste, o assaltante rende um entregador que está indo fazer a entrega para um apartamento, e depois que consegue acesso ao condomínio rende o próprio morador. Para evitar esse tipo de golpe, é sempre recomendado que o morador receba o pedido na portaria, negando o acesso ao condomínio para o golpista.

Não tão abaixo em escala por sua frequência é o golpe da garagem. Um dos mais comuns que acontecem dentro dos condomínios. Os criminosos inserem o carro na garagem aguardando o porteiro ir abrir para iniciarem a tentativa de assalto. A melhor forma de garantir a segurança contra este golpe, é proibindo o porteiro que abram a garagem, fazendo com que os moradores entrem apenas com o controle ou tag.

A lista não para por aí. Há outros como tentativas de disfarces como:
O do
falso hóspede, onde um suposto morador pede liberação da entrada de um suposto visitante, dizendo que passará alguns dias em sua casa e ele já possui a chave do apartamento. O golpista então, passa um número fake de RG para tentar deixar tudo mais realista. Nesse e outras ocasiões, não devemos aceitar qualquer liberação de visitantes por telefone, e caso o seu síndico permita esse tipo de liberação, converse com ele para passar a proibi-la. Utilize sempre o interfone ou aplicativo do condomínio.

Falso agente de polícia. Este tipo de armadilha viralizou durante um tempo em grupos do WhatsApp. Os golpistas se passam por agentes da polícia e fingem que pretendem fazer uma vistoria em algum apartamento. Depois que conseguem o acesso, eles rendem o porteiro e o usam de refém para acessar algumas unidades. É preciso sempre informar o morador do apartamento que irá se vistoriado antes de permitir a entrada. É possível que exista algum procedimento neste tipo de caso, o ideal é sempre confirmar com um superior (no caso geralmente o síndico) sobre o que fazer. Além disso, verifique o mandato, o uniforme, se há uma viatura e até mesmo ligar para a polícia para averiguar a veracidade do pedido.

Mais adiante, o do falso agente da dengue. Neste golpe, duas pessoas estão disfarçadas com crachá se passam por agentes da dengue para ter acesso dentro do condomínio.

Para se proteger deste golpe é relativamente simples. Estas visitas são agendadas, o que significa que se aparecem sem data marcada, o porteiro deve ligar para a polícia imediatamente.

Faça uso dessas dicas e questione movimentações estranhas, encomendas que não foram realizadas ou qualquer outra ação que fuja da rotina. É papel também do síndico disseminar essas informações de segurança introduzindo frequentemente estes lembretes e claro, que os condôminos por sua vez, não facilitem quanto à intervenção da criminalidade.

O uso do aplicativo da Matias pode antecipar quanto aos golpes e otimizar verificações sempre ao seu favor. Com cadastro de veículos, pessoas, prestadores e muito mais, a sua segurança aumenta junto com a tranquilidade para o dia a dia, experimente!

A Matias está pronta para auxiliar com soluções de otimização e muito mais! Gestão e coletividade são competências de rotina. Acreditando que a seriedade e a confiança cada vez mais protegidas, são também excelentes formas de administração,  oferecemos uma gestão humanizada e bem-sucedida! Por isso, a Matias está aqui para auxiliar na sua rotina condominial. Não passe em branco e faça a diferença!

Acompanhe também nas redes sociais @matias negócios imobiliários e obtenha atendimento nos números: Tel. (11) 3855-2810 e WhatsApp – (11) 94769-0109 / 94033-2408

Praça 7 de fevereiro, 19 – esquina c/ Rua Anjo Custódio Anália Franco – São Paulo – SEDE PRÓPRIA –

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *